Sombras no firmamento cavaquista


Em duas cartas,


Eduardo Catroga é o ex-ministro a que Luís Filipe Menezes se referia, quando, na quarta-feira à noite, disse na RTP-N ter recebido "críticas ameaçadoras" à sua vontade em avançar com um inquérito à supervisão bancária.

Comentários

e-pá! disse…
Um "espectáculo" esta governação cavaquista!

Ou o colapso dos "bons rapazes", dos exímios alunos da utilização e distribuição dos faustosos subsídios da UE (então CEE), do ascetismo da "chefe", das "incontornáveis maiorias absolutas", do "deixem-me governar", daqueles que acolhiam no guarda-chuva dos que "nunca tinham dúvidas"...

Finalmente, compreendemos os slogans. Tarde de mais!
ahp disse…
Corja de vigaristas!

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …