Acordo ortográfico

O ministro brasileiro da Cultura, Juca Ferreira, manifestou hoje satisfação com as declarações de seu homólogo português, Antonio Pinto Ribeiro, segundo as quais o Acordo Ortográfico deverá entrar em vigor nas instituições oficiais de Portugal e Cabo Verde ainda este semestre.


O Governo aguarda agora o lançamento, no próximo dia 19, da quinta edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), que incorpora as novas normas, para preparar um documento de orientação sobre a aplicação do Acordo Ortográfico. Esse documento deverá ser distribuído a professores e directores das mais de 200 mil escolas públicas do país ainda este semestre.

Comentário: Duas decisões que se impunham para defender a língua comum.

Comentários

e-pá! disse…
CE:

É melhor aguardar o próximo artigo de Vasco da Graça Moura...
Ah!ah!ah!

Um troglodita, embora culto, faz sempre falta!
André Pereira disse…
E oxalá o programa do word (e outreas aplicações) que vier ajudar-nos a escrever o "novo" português, não seja feito em Paris por um "eng." que saiu de Portugal há 30 ou 40 anos...
Rui Cascao disse…
Ou esperemos que os correctores ortográficos não sejam feitos pela JP Coutinho pelos mesmos tradutores do software do Magalhães...
O que não encomendem os correctores ortográficos a alguma sociedade de advogados especializada em "correcção ortográfica".

A reacção do VGM vai ter piada, como de costume!

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …