Tão sinistros como Dick Cheney

Os talibãs exibiram na noite de sábado para domingo uma gravação vídeo sobre um soldado norte-americano que capturaram no sudeste do Afeganistão. Veja o vídeo (em árabe).

Comentário: A chantagem com reféns é indigna e cruel.

Comentários

Stefano disse…
caramba... talibans... sequestraram 1 soldado dos EUA??? parece que os socios andam brigados!
e-pá! disse…
A política - quando não consegue evitá-las - deve comandar as guerras.
É aquele aforismo conhecido: "a guerra é um assunto demasiado sério para ser entregue aos militares"

Nos EUA, desde o início da guerra do Afeganistão, até agora, sucederam importantes mudanças na área política que condicionaram novas estratégias militares naquela região do Globo.

Desde os bárbaros procedimentos do equipa Bush/Cheney até, por exemplo, ao actual teor do comunicado do comando militar americano que:
"condenou o uso do vídeo pelos talibãs e a humilhação pública sofrida pelo prisioneiro e confirmou trabalhar pela sua libertação em segurança".

Os talibãs mantêm-se fiéis a si próprios e, o actual porta-voz talibã Abdullah Jalali, disse à agência de notícias Associated Press que: "o soldado seria morto se o Exército americano não suspendesse os ataques nas Províncias do sul do Afeganistão..."
Acrescentou: quem decidirá do destino do soldado capturado será o mullah Omar, dirigente máximo religiso afegão em fuga, desde a invasão, como o seu companheiro bin Laden.
Os métodos teocráticos fundamentalistas talibãs continuam imutáveis.

A guerra no Afeganistão é uma intervenção militar sancionada pelo CS da ONU, o que lhe confere legitimidade internacional.

A chantagem exercida pelos talibãs - com a exibição do video do soldado capturado - sobre a opinião pública americana e mundial, em nada ajuda a sua luta, já que sendo alimentada pelo fundamentalismo religioso, será inequivocamente condenada pelo mundo civilizado.

Nada mudou no fundamentalismo talibã, pouco mudou no Afeganistão, mas algo mudou no Mundo.
Os talibãs continuam na era Bush/Cheney, não estão informados, nem compreendem, as mudanças...
Numa guerra a dificiente informação é sempre fatal - a médio ou a longo termo - para o ignorante...

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975